Brazilian Game Developers

Newsletter #9

 

 
Paulo Santos,  CEO e fundador da Flux Games Studio, recebeu o prêmio Jovem Exportador de Ideias, no evento “+ Brasil no Mundo” da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, Apex- Brasil, realizado em São Paulo no dia 10 de dezembro de 2015.  O prêmio foi entregue pelo Ministro Armando Monteiro do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, MDIC. Em seu discurso, Paulo Santos agradeceu o apoio da Apex ao setor de games e disse da importância do reconhecimento e apoio do setor público para games. “Quando a Apex apoia  a Flux e outras empresas que estão aqui, passamos a ter chance real de competir no mercado internacional, um dos mais promissores e resistentes as crises. Por isso, tenho certeza que no médio prazo, com o apoio que merece,  o setor de games vai trazer números incríveis de exportação e vai se tornar um dos maiores  orgulhos do Brasil”, comemorou.

Em seu discurso, o Ministro Armando Monteiro Neto afirmou que o Brasil irá fechar o ano com US$ 50 bilhões em exportação de diversos setores para 200 países. Segundo o Ministro, o país está desafiado a promover um progresso amplo de exportações. “O Brasil precisa dar um novo status ao comércio exterior, de válvula de escape para via permanente. Nossas exportações são apenas 10 por cento do PIB", disse.
 
Confira o discurso de Paulo Santos na íntegra:
http://www.youtube.com/watch?v=mboaTXA4W3o
Para a 4º Edição do BIG Festival, que acontecerá em junho de 2016, acabamos de fechar a participação de ninguém menos do que Ian Livingstone, um dos criadores da série Tomb Raider. Em almoço com representantes da diretoria da Abragames, Livingstone confirmou que virá participar do BIG Business Fórum.
 
Em video games, Livingstone fazia parte do quadro de diretores da Domark, que acabou se tornando a Eidos Interactive nos anos 90, responsável por desenvolver e publicar franquias globalmente conhecidas, como Hitman e Deus Ex. Porém, ele ficou amplamente marcado pela sua contribuição na criação de Lara Croft: Tomb Raider, a IP mais famosa da empresa.


O BGD e Abragames realizaram, no último dia 4 de dezembro, um encontro na sede da IBM Brasil, em São Paulo. Sob o comando de Tiago Bueno, da IBM, o evento apresentou as inovações que as soluções Cloud da IBM unidas às placas da NVIDIA estão trazendo para desenvolvedores de games. Como convidado especial, Alessandro Martinello apresentou o jogo Toren, da gaúcha Swordtales. De acordo com a gerente executiva do BGD, Eliana Russi, a intenção do Projeto BGD e da Abragames com ações como essa é de aumentar a competitividade de nossas empresas ao promover a aproximação com parceiros globais de tecnologia, como a IBM.
 

Mais uma empresa de classe mundial recebeu os associados do BGD e Abragames: Autodesk, líder mundial em software de projeto 3D. O workshop, no último dia 18 de novembro, apresentado por Rodrigo Assaf, teve como objetivo apresentar tecnologias e novidades para animação 3D e games. Os participantes puderam acompanhar palestras sobre o software de modelagem 3DS Max 2016 e o software de animação Maya 2016, com suas diversas novidades e funcionalidades como o novo sistema de Animation Offsets, Sculpting tools e Delta Mush. 


O BGD (Brazilian Game Developers), esteve presente pela primeira vez no Slush, maior evento de empreendedorismo e tecnologia do norte da Europa, realizado em Helsinki, na Finlândia, nos dias 11 e 12 de novembro. O objetivo foi avaliar a possível participação de empresas brasileiras nas próximas edições do evento.



Durante o evento, o BGD teve a oportunidade de encontrar as três empresas brasileiras encubadas pela GameFounders na Malásia, um programa de aceleração e mentoria para startups: Cupcake Entertainment, IMGNATION Studios e Plug and Boom. As três foram entrevistadas pela representante Eliana Russi e o vídeo com as entrevistas pode ser assistido no link: https://youtu.be/FDGhSijpl-w

Além disso, houve visitas a estúdios importantes da Finlândia, como Rovio, Supercell e Seriously.

O Brasil esteve bem representado durante a edição de 2015 da Game Connection Europe (GCE), um dos mais importantes eventos voltados aos desenvolvedores de games do mundo. A delegação nacional, organizada pelo BGD (Brazilian Game Developers), contou com representantes da Abragames, BIG Festival, Flux, Lumentech, Gameplan, Manifesto, Webcore, BIG Hut, Messier e Kokku Games.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O GCE aconteceu de 28 a 30 de outubro em Paris, na França. Foram três dias totalmente dedicados ao match-making. A visita brasileira rendeu mais de 300 reuniões com contatos qualificados do mercado mundial.

Para saber mais sobre a Game Connection, acesse.

O Projeto Comprador BIG Festival terá uma novidade em sua próxima edição, em 2016: o governo francês apoiará uma delegação de 15 empresas francesas que participação de nossa Rodada de Negócios e Palestras. O acordo foi fechado durante a 4ª edição do European Indie Game Days (EIGD), realizado em Montreuil, na França, de 26 a 27 de outubro. Em janeiro começamos a selecionar os compradores e desenvolvedores que virão ao Brasil.


O evento é organizado pela French Video Games Trade Association (SNJV). 

Os associados do BGD, que viajaram para a Game Connection Europe, puderam participar de uma intensa agenda de visitas a empresas de Paris.

Com o objetivo de fortalecer o setor produtivo de games no Brasil e estimular o desenvolvimento de novos títulos nacionais, a Abragames, Apex-Brasil e importantes instituições públicas e ministérios do governo criaram no BIG, um Grupo de Trabalho (GT) de Games. Na prática, o GT elabora políticas públicas para o setor produtivo. Editais de desenvolvimento, linhas de capacitação de empresas, financiamento e fomento estão na pauta.
 

A primeira reunião do GT foi realizada no dia 19 de agosto, em São Paulo, tendo a SPCine como anfitriã. "Estamos falando desde a regulamentação do setor, definindo regras mais claras para o mercado, até mecanismos de fomento que vão injetar dinheiro em produções nacionais", explicou o presidente da Abragames, Ale McHaddo, ao Gizmodo.

A segunda reunião realizou-se no Rio de Janeiro, dia 2 de dezembro na sede da Ancine e a próxima será em Brasília, dia 27 de janeiro, na Apex-Brasil.  "O impacto do GT será transformador, exemplos de políticas públicas como as do Canadá, França e Finlândia são benchmarks que temos num horizonte de curto e médio prazos", enfatiza Eliana Russi, do Projeto BGD.

No último dia 16 de novembro, o Gerente Sênior de Projetos da CAPCOM Vancouver, Dilber Mann, esteve no Brasil em um evento exclusivo do BGD /Abragames. Mann veio ao país para discutir, em São Paulo, sobre modelo de desenvolvimento externo e trazer um pouco de sua expertise para compartilhar com os desenvolvedores brasileiros.

Desde 2006, Mann trabalha com parceiros em mercados emergentes buscando empresas internacionais aptas a atender a demanda por desenvolvimento externo de grandes publicadoras como SEGA, Electronic Arts e agora CAPCOM.


Possui alguma novidade de sucesso que quer dividir com mais pessoas?

Conte para nós e poderemos incluir o seu caso na nossa próxima newsletter!

Preencha o formulário nesse link e nos envie suas novidades!
 



Já cadastrou a sua empresa no Catálogo Internacional da Indústria Brasileira de Games? Ainda não? Então, entre no site e coloque seu estúdio no catálogo e se junte-se aos principais estúdios de games.
 
O Catálogo Internacional da Índústria Brasileira de Games é uma iniciativa da Abragames, por meio do Brazilian Games Developers, BGD, com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos Apex-Brasil. O objetivo do catálogo é mostrar ao mundo, a capacidade de produção de jogos, das empresas brasileiras. Um dos diferenciais do catálogo é o fato de cada empresa poder editar as informações diretamente na plataforma sempre que quiser atualizar seus jogos e perfil. Se sua empresa não está no catálogo clique aqui!
 
Seja um associado Abragames
Participe do Projeto Internacional Brazilian Game Developers!


O BGD, Projeto Setorial de Exportação Brazilian Game Developers, é um programa sem fins lucrativos, criado pela ABRAGAMES, Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos em parceria com Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), com o objetivo de fortalecer a indústria brasileira de jogos digitais, capacitando e criando novas oportunidades de negócios para as empresas brasileiras no mercado internacional.
 
Apex-Brasil tem a missão de desenvolver a competitividade das empresas brasileiras, promovendo a internacionalização dos seus negócios e a atração de investimentos estrangeiros diretos. A Agência apoia mais de 12 mil empresas de cerca de 80  setores da economia, que exportam para mais de 200 mercados.

Converse com o Vinícius Aleixo, nosso Game Maker Relations, que está à disposição:
vinicius.aleixo@abragames.org
 
Este boletim é uma realização do Projeto Setorial de Exportação Brazilian
Game Developers, mande suas dicas e histórias de sucesso!

Eliana Russi, gerente executiva
eliana@braziliangamesdevelopers.com.br

Fernanda Domingues, jornalista responsável,
fernanda.domingues@fdcomunicacao.com.br
 
Mande as notícias de sua empresa e projetos para a Newsletter 
pelo email cesar.martins@fdcomunicacao.com.br

Newsletter criada pela FD Comunicação www.fdcomunicacao.com.br para o Projeto Setorial de Exportação Brazilian Game Developers, uma parceria da Abragames com a Apex-Brasil, Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.

 

Associados

Associe-se